Pular para o conteúdo

Zanatta Desenvolvimento

Zanatta
Início » Cursos » Vocabulário Business English: Termos de Marketing em Inglês

Vocabulário Business English: Termos de Marketing em Inglês

Você sabia que em diversas profissões são usadas expressões próprias com palavras em outros idiomas? Isso acontece por diversos motivos, por exemplo quando a palavra tem origem em outra língua ou ainda se sua tradução para o português não abrange todo seu significado. 

Podemos observar expressões em latim na advocacia por exemplo, expressões em inglês dentro da área de informática e de marketing também. No caso do marketing isso acontece com a própria palavra: sua tradução literal seria “mercadologia”, porém o termo em inglês se refere a muito mais coisas do que apenas o “estudo do mercado”.

Se você é um funcionário que, nas reuniões quer ficar por dentro e conhecer mais sobre esses jargões de marketing, venha conferir agora algumas expressões em inglês que são fundamentais para qualquer empresa, especialmente dentro dessa área.

  1. Onboarding 

Usamos o termo Onboarding depois de uma contratação dentro de uma empresa, que representa o período de adaptação deste novo funcionário, onde ele está conhecendo os valores e costumes da companhia, se integrando à equipe. 

Onboarding significa “integração”, mas constituí todo o processo de preparação de um novo membro da empresa, englobando sua orientação, supervisão, treinamento e acompanhamento.

  1. CRM

Vamos começar entendendo o que a sigla quer dizer: Costumer Relationship Management significa Gestão de Relacionamento com o Cliente, e essa sigla se refere a um software que cuida das informações de contato com os clientes da empresa. 

Essa ferramenta de CRM é muito utilizada por agências de publicidade e comércios, já que armazena todo o histórico do cliente e todos os contatos que ele já teve com a empresa, facilitando assim seu atendimento, uma vez que seus gostos e seu feedback já estão salvos.

  1. Briefing

Em sua tradução literal briefing significa “resumo”, porém é muito mais que isso. Empresas utilizam o briefing para fazerem uma breve apresentação de seus objetivos para determinado projeto, colocando ali as informações necessárias para a sua execução. 

  1. Lead

A tradução dessa palavra não tem relação com seu significado dentro do marketing. “Liderança” é a tradução ao pé da letra, mas lead representa um cliente em potencial. 

Os leads são captados por meios de contato online com a empresa, e depois são divididos em “frios” ou “quentes” dependendo de seu potencial para se tornarem consumidores ativos.

  1. SEO

“Search Engine Optimization” ou ainda “otimização para mecanismos de busca” é uma área dentro do marketing que engloba estratégias para melhorar os resultados de busca de um site de forma gratuita. 

Por exemplo, no Google, os donos de domínios podem pagar para que seus sites apareçam primeiro nos resultados de busca, o que é algo que gera um retorno rápido porém a curto prazo. Estratégias de SEO servem para melhorar a arquitetura e os conteúdos do site de forma orgânica, assim o Google entende que aquele é um domínio relevante e o site aparecerá mais nos primeiros resultados. 

  1. Link Building 

Tendo seu significado como “construção de link”, esse termo consiste numa estratégia de marketing de SEO para um site na internet ter mais visualizações. Nessa estratégia o link builder – pessoa responsável pela ação – faz parcerias com outros domínios para colocar seu link no artigo de outro site. Esses links de um artigo que levam a outro site são chamados backlinks, e ter um backlink em um domínio de boa qualidade gera mais engajamento para seu site. 

Em um artigo falando sobre aromaterapia podemos encontrar, por exemplo, links que levam para sites falando sobre fitoterapia, óleos essenciais, saúde do sono ou ainda como usar um vaporizador de ervas na aromaterapia. 

  1. Business Partner 

O Business Partner de uma empresa,  o “parceiro de negócios” também conhecido como “consultor interno” é o profissional responsável por estreitar laços entre o RH (recursos Humanos) e a parte administrativa de negócios. Assim gera uma melhor comunicação entre todas as áreas da empresa melhorando a gestão de pessoas. 

  1. Cold Mail

O Cold Mail não tem tradução literal, pois é um e-mail impessoal enviado pelas empresas para apresentar um determinado produto ou serviço para as pessoas, mesmo elas não terem pedido para receber informações diretamente. 

Ou seja, a tática das empresas aqui é encontrar pessoas que possuem o perfil ideal de cliente e contatá-las através de um Cold Mail oferecendo seus produtos e possivelmente obter mais clientes. 

  1. Keyword

A palavra no inglês “keyword” é a junção de duas no português e sua tradução explica bem seu significado: “palavra-chave”. As keywords dentro do marketing são essenciais em estratégias de SEO como Link Building por exemplo, pois uma seleção boa de palavras-chave aumentam as chances de sucesso da estratégia, uma vez que o consumidor do conteúdo pesquisa por ela. 

  1. Business to Business (B2B)

Essa expressão é usada para definir os negócios feitos entre duas empresas, uma sendo especializada em prestar serviços para outra empresa, assim falamos que ela tem uma relação Business to Business, ou seja, de negócio para negócio. 

  1. Business to Costumer (B2C)

Essa outra expressão, parecida com a anterior, é usada quando a empresa tem ligação direta com seu cliente. Ela pode ainda precisar dos serviços fornecidos por outra empresa e ter um negócio com esta, porém seus serviços são especializados em atender diretamente seus consumidores, por isso a tradução “negócios com clientes”. 

  1. Branding

A tradução de Branding é “marca”, porém essa palavra representa muito mais que isso. O branding de uma marca a representa em sua totalidade, seus valores, seu visual, seu posicionamento, etc. Essa estratégia serve para fazer dela uma marca mais reconhecida e presente no mercado. 

  1. Follow Up

Follow Up significa “acompanhamento” e é exatamente isso que esse termo representa, o acompanhamento de um processo, por exemplo de uma venda, depois do contato inicial. A empresa continuar em contato com o cliente é essencial para o fechamento da venda, pois assim o cliente continua engajado no produto e não perde o interesse. Tal como uma pessoa interessada em comprar um apartamento, ela efetuará a venda com o corretor que fizer o acompanhamento, mandando oportunidades e estando sempre à disposição. 

  1. Buyer Persona 

Na hora de definir sua estratégia de marketing, a empresa deve ter em mente seu público-alvo, para tomar ações mais específicas e atingir um maior número de potenciais clientes. Para isso, dentro do marketing, é criado um personagem representado com características gerais desse público, e esse personagem é chamado de Buyer Persona. Ou seja, essa persona é o consumidor ideal do produto representado pela empresa, e com ela é possível desenvolver a melhor estratégia para alcançar mais pessoas.

  1. Social Selling 

“Venda social” seria a tradução livre para Social Selling, e esse plano a longo prazo do marketing digital consiste apenas em usar redes sociais, como Instagram, Facebook, Linkedin e outras para construir um relacionamento com potenciais clientes. Esse relacionamento é construído através de curtidas, uso de hashtags, posts, stories, e todas as ferramentas que a empresa puder utilizar a seu favor. Desse modo, a marca passa credibilidade à seu público e prospecta novos clientes.

Escrito por Ellen Padilha Parra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *